SEGUIDORES...

4 de julho de 2012

Gêneros textuais e seus tipos


Tipo textual é a forma como um texto se apresenta. As únicas tipologias existentes são: narração, descrição, dissertação, exposição, informação e injunção. É importante que não se confunda tipo textual com gênero textual.

 

TIPOS:

Narração

Modalidade em que se conta um fato, fictício ou não, que ocorreu num determinado tempo e lugar, envolvendo certos personagens. Refere-se a objetos do mundo real. Há uma relação de anterioridade e posterioridade. O tempo verbal predominante é o passado. Estamos cercados de narrações desde as que nos contam histórias infantis, como o Chapeuzinho Vermelho ou A Bela Adormecida, até as piadas do cotidiano.

Descrição

Um texto em que se faz um retrato por escrito de um lugar, uma pessoa, um animal ou um objeto. A classe de palavras mais utilizada nessa produção é o adjetivo, pela sua função caracterizadora. Numa abordagem mais abstrata, pode-se até descrever sensações ou sentimentos. Não há relação de anterioridade e posterioridade. Significa "criar" com palavras a imagem do objeto descrito. É fazer uma descrição minuciosa do objeto ou da personagem a que o texto se Pega.

Dissertação

Dissertar é o mesmo que desenvolver ou explicar um assunto, discorrer sobre ele. Assim, o texto dissertativo pertence ao grupo dos textos expositivos, juntamente com o texto de apresentação científica, o relatório, o texto didático, o artigo enciclopédico. Em princípio, o texto dissertativo não está preocupado com a persuasão e sim, com a transmissão de conhecimento, sendo, portanto, um texto informativo. Quando o texto, além de explicar, também persuade o interlocutor e modifica seu comportamento, temos um texto dissertativo-argumentativo.

Exposição

Apresenta informações sobre assuntos, expõe ideias, explica, avalia e reflete (analisa ideias). Não faz defesa de uma ideia, pois esta é característica do texto dissertativo. O texto expositivo apenas expõe ideias sobre um determinado assunto. Com a mescla do texto expositivo com o texto narrativo, obtém-se o que conhecemos por relato.
Ex: aula, relato de experiências, etc.

Informação

O texto informativo tem a função de informar o leitor a respeito de algum fato, é o texto de uma notícia de jornal, de revista, folhetos informativos, propagandas. Diferencia-se do texto expositivo por não expor ideias. O texto informativo informa algo, expõe uma informação, e pode apresentar uma análise desta informação implícita no texto, porém jamais faz uma análise parcial nem defende alguma ideia. Características básicas são: uso da função referencial da linguagem, 3ª pessoa e predomínio da linguagem clara.
Ex: ensaios, artigos científicos, notícia, etc.

Injunção

Indica como realizar uma ação. Também é utilizado para predizer acontecimentos e comportamentos. Utiliza linguagem objetiva e simples. Os verbos são, na sua maioria, empregados no modo imperativo, porém nota-se também o uso do infinitivo e o uso do futuro do presente do modo indicativo. Ex: Previsões do tempo, receitas culinárias, manuais, leis, convenções, regras, e eventos.

Outros tipos de textos

Não há outros tipos de texto senão os citados acima. Ao contrário do que se imagina, existem apenas 6 tipos textuais. Diálogo, relato, entrevista, explicação, entre outros, são gêneros textuais.
Poesia e Prosa são formas literárias ou formas textuais.
Texto épico, dramático e lírico são gêneros literários.
Geralmente, percebe-se uma confusão entre os conceitos de 'gênero textual' e 'tipo textual'. Existem apenas 6 tipos de textos, que são os citados acima. Tipo de texto ou tipo textual é o conteúdo do texto e o formato padrão comum dele. Gênero textual é a forma variada do texto. Um gênero textual não tem quantidade limitada: pode surgir um novo a qualquer momento. Qualquer pessoa pode "criar" um novo gênero textual, porém tipo não.

FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Tipos_textuais

0 comentários:

Postar um comentário

Template by:

Free Blog Templates