SEGUIDORES...

22 de agosto de 2011

Texto para crianças 2

22 DE ABRIL – DIA DO DESCOBRIMENTO DO BRASIL

Nos séculos XVI e XV, o mundo mudou muito. O comércio europeu esenvolvera-se bastante e surgira uma nova classe social, formada por comerciantes – a burguesia.
Os burgueses aliaram-se ao rei contra os privilégios do clero e da nobreza. Através dessa aliança, os burgueses procuravam mais poder, riqueza e prestígio, e os reis, maior centralização do poder. Esse foi um passo importante para as grandes navegações. Os recursos técnicos evoluíram muito.

Foram fundadas escolas náuticas, das quais a mais importante foi a Escola de Sagres, criada por D. Henrique, o Navegador, que reunia grandes navegadores, matemáticos, geógrafos, astrônomos e cartógrafos. A bússola e o astrolábio foram aperfeiçoados, o mesmo ocorrendo com a caravela. O estudo dos astros também progrediu. As condições físicas, econômicas e políticas eram favoráveis a Portugal e o país iniciou, então, suas grandes navegações.

Os portugueses desejavam sobretudo descobrir o caminho marítimo para as Índias, para lá criar um centro comercial e trazer especiarias, seda, porcelana, perfumes e pedras preciosas, produtos muito apreciados na Europa. A Espanha também desejava o mesmo, mas buscava esse caminho por outra direção – o oeste. Nessa tentativa, Cristóvão Colombo, a serviço dos reis espanhóis, descobriu a América em 1492.
Em 1498, o português Vasco da Gama chegou a Calicute, nas Índias. Para assegurar essa conquista, o rei de Portugal, D. Manuel, concedeu a Pedro Álvares Cabral o comando de uma esquadra composta de 13 embarcações e cerca de 1.500 homens. Os navios de Cabral, no entanto, afastaram-se da costa africana e desviaram-se para oeste, aproximando-se de terras brasileiras.
No dia 22 de abril de 1500, a esquadra avistou um monte, que recebeu inicialmente o nome de Monte Pascoal. Verificaram, depois, que a terra encontrada era maior do que tinham imaginado. O nome definitivo, Brasil, deveu-se à abundância do pau-brasil, madeira da qual se extraía um corante vermelho. A esquadra ancorou na Bahia, perto da cidade que hoje se chama Cabrália. No dia 26 de abril, domingo de Páscoa, Frei Henrique de Coimbra rezou a primeira missa nas novas terras.
Cabral deu a notícia do descobrimento, mandando um navio a Portugal com uma carta escrita por Pero Vaz de Caminha. Essa carta constitui importante documento na história do Brasil, pois conta a viagem e a chegada a terra, descrevendo o novo território e os índios.
Atualmente, discute-se se o descobrimento do Brasil teria sido casual ou proposital. Argumenta-se que os portugueses eram excelentes navegadores, conheciam bem o mar e não se desviariam de sua rota por engano ou acidente a ponto de atravessar o Atlântico. O importante, porém, é que devemos o descobrimento do Brasil aos portugueses. Deles herdamos a língua, a religião, as leis. Foram nossos colonizadores.
DESAFIOS
•  Qual foi a importância do descobrimento do Brasil para Portugal?

•  Pesquise os tipos de embarcação usados na época do descobrimento.

•  O que movia as caravelas? E os navios atuais?


FONTE: Cemepe.


0 comentários:

Postar um comentário

Template by:

Free Blog Templates